Rede e9 - Comunidade lusófona de docentes universitários
Olá Professor!


Junte-se à Rede e9 - Comunidade lusófona de docentes universitários.

Um lugar para conectar-se, descobrir, partilhar, e divulgar, experiências e práticas pedagógicas.

Faça o registro e descubra o que este espaço lhe oferece!

TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por Admin em Seg 27 Jul 2015 - 19:14

Prezados Participantes,

Este é um projeto de investigação, no âmbito do doutoramento em Ciências da Educação, na área de Tecnologia Educativa, que consiste em compreender como ocorrem as interações e as participações numa comunidade lusófona de docentes universitários com vista a sua formação e atualização pedagógica.

De acordo com Wenger (1998), é numa comunidade de prática que um grupo de pessoas pode partilhar um interesse comum por um assunto qualquer com que se relaciona, e aprender a fazer melhor à medida que essas pessoas do grupo interagem, participam e partilham as suas experiências no interior da comunidade.

Existem estudos especializados em tentar demonstrar como as pessoas trabalham em grupo, Computer Supported Cooperative Work (Moeckel, 2003) e como o uso da tecnologia pode influenciar a identidade da comunidade, além do caráter e dos padrões de comportamento em rede de interações, a assumir novas formas com base nessas conversações e interações online (Downes, 2012). Assim, o modo como as pessoas trabalham e desempenham as suas funções, em rede, pode ser alterado quando novas ferramentas são utilizadas (Siemens, 2004).

Com a evolução das tecnologias de informação e comunicação (TIC), presentes no cotidiano das pessoas, e com as ferramentas de comunicação síncrona, e assíncrona, tornou-se possível a construção desta unidade de análise, a "Rede e9", para responder a seguinte questão: Como é que os professores do ensino superior interagem numa comunidade de prática online, com vista ao seu desenvolvimento profissional, ao longo da sua carreira? 

Esta investigação enquadra-se dentro de uma abordagem metodológica de estudo de caso (Stake, 2009; Yin, 2015), com base nas questões, e nos objetivos, do projeto, com métodos qualitativos (Bogdan & Biklen, 2013) e quantitativos, os quais encaminharam o percurso deste estudo, numa abordagem de investigação mista. O estudo de caso é uma abordagem metodológica especialmente adequada a situações em que se pretende compreender, explorar ou descrever em profundidade um determinado “caso”, no seu contexto natural, reconhecendo-se a sua complexidade e recorrendo-se aos métodos que se revelem apropriados (Yin, 2015).
O estudo de caso voltou o olhar para o contexto de análise das interações e participações entre os docentes universitários lusófonos numa CoPo, com o princípio de que o universo de totalidade constituiu-se por representatividade dos professores das universidades da CPLP, nos vários espaços da plataforma.
O investigador terá uma observação participante, que é mais frequente na investigação qualitativa, onde integra o investigador no campo de observação (Flick, 2008), desempenhando um duplo papel, numa postura ativa, o que não quer dizer que a qualidade da investigação ficará comprometida, mas poderá não ser uma tarefa fácil.
Os países, as universidades e os docentes foram levantados com o objetivo de compor a amostra de participantes na comunidade, dos quais se vão recolher os dados necessário para a investigação do estudo de caso, tratados de forma codificada, durante os anos 2015, 2016 e 2017.

A sua participação é muito importante e envolve a interação nos fóruns de discussão para contribuir para a construção do conhecimento, através do debate, além de ajudar a ultrapassar o isolamento dos países separados geograficamente, e ampliar o espaço, e o tempo, com a partilha de informações, ideias, e sugestões, que auxiliam a formação e a atualização pedagógica.

Enquanto sujeito participante desta investigação não terá nenhum ganho ou gasto financeiro, bem como a sua participação não implicará nenhum risco para o(a) próprio(a), estando livre para parar de interagir a qualquer momento, sem qualquer prejuízo.

Reitero o princípio da confidencialidade dos participantes e de que a utilização dos dados será somente para o processo de investigação em curso.

Ao fazer o registo nesta plataforma, o(a) professor(a), aceita participar no trabalho de investigação, acima citado, voluntariamente, após o mesmo ter sido esclarecido. 

Agradecemos todas as questões que nos possa colocar sobre esta investigação.

Estamos também disponíveis para receber sugestões de todos os participantes de modo a podermos movimentar este fórum de discussão.
Poderão escrever no campo abaixo "resposta rápida" ou por e-mail: plataformae9@ie.uminho.pt; id4434@alunos.uminho.pt; e.9.copo@gmail.com;
 
Ana Hilário CAPES - Proc. Nº BEX 9576/13-4
Doutoranda Universidade do Minho, Braga, Portugal
 
Referências Bibliográficas
Bogdan, R. C., & Biklen, S. K. (2013). Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.
Downes, S. (2012). Connectivism and Connective Knowledge: Essays on meaning and learning networks. Retrieved from http://www.downes.ca/files/books/Connective_Knowledge-19May2012.pdf
Flick, U. (2008). Introdução à Pesquisa Qualitativa (3 ed.). Coleção Métodos de Pesquisa.
Moeckel, A. (2003). CSCW: conceitos e aplicações para cooperação. Curitiba: CEFET-PR.
Siemens, G. (2004). Uma Teoria de Aprendizagem para a Idade Digital 12, 1–8.
Stake, R. E. (2009). A Arte de Investigação com Estudos de Caso. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Wenger, E. (1998). Communities of Practice: Learning, Meaning, and Identity. Systems thinker (Vol. 9). http://doi.org/10.2277/0521663636
Yin, R. K. (2015). Estudo de caso: planejamento e métodos (5. ed.). Porto Alegre: Bookman.
 


Última edição por Admin em Seg 16 Jan 2017 - 12:35, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Localização : Braga
Idade : 46
Mensagens : 80
Pontos : 985
Data de inscrição : 25/06/2015

http://e9copo.foruns.com.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por CELI NELZA ZULKE TAFFAREL em Qui 28 Jan 2016 - 21:43

Sugiro: Ampliar a pergunta para alem da constatação sobre Como é que os professores do ensino superior interagem numa comunidade de prática online, com vista ao seu desenvolvimento profissional, ao longo da sua carreira? 


Sugiro investigar as consequências, as contradições e as possibilidades de superação de contradições inerentes ao processo .


Sugiro também explicar cientificamente as consequências da super exploração do trabalho docente pela via das tecnologias intensificadas em ambientes profissionais dos docentes do ensino superior que vivem com carreiras desestruturadas, salários sem reajustes acima da inflação e com orçamentos universitários cada vez mais submetidos a ajustes fiscais de interesse do capital.


atenciosamente


Celi Zulke Taffarel
Professora Dra. Titular FACED UFBA

CELI NELZA ZULKE TAFFAREL

Idade : 65
Mensagens : 4
Pontos : 698
Data de inscrição : 03/08/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por Caroline Araújo em Qua 25 Jan 2017 - 10:42

Bom dia.
Muito bem. Parabéns e sucesso. Não esqueça depois de divulgar aqui o trabalho final. Abs.

Caroline Araújo

Localização : Manaus
Idade : 38
Mensagens : 12
Pontos : 162
Data de inscrição : 25/01/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por Ana Hilário - Admin em Qua 25 Jan 2017 - 10:53

CELI NELZA ZULKE TAFFAREL escreveu:Sugiro: Ampliar a pergunta para alem da constatação sobre Como é que os professores do ensino superior interagem numa comunidade de prática online, com vista ao seu desenvolvimento profissional, ao longo da sua carreira? 


Sugiro investigar as consequências, as contradições e as possibilidades de superação de contradições inerentes ao processo .


Sugiro também explicar cientificamente as consequências da super exploração do trabalho docente pela via das tecnologias intensificadas em ambientes profissionais dos docentes do ensino superior que vivem com carreiras desestruturadas, salários sem reajustes acima da inflação e com orçamentos universitários cada vez mais submetidos a ajustes fiscais de interesse do capital.


atenciosamente


Celi Zulke Taffarel
Professora Dra. Titular FACED UFBA
Muito obrigada Professora Celi pelas suas sugestões.
Vamos a isso!
avatar
Ana Hilário - Admin

Localização : Braga
Idade : 46
Mensagens : 11
Pontos : 747
Data de inscrição : 02/07/2015

http://e9copo.wixsite.com/e9copo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por Ana Hilário - Admin em Qua 25 Jan 2017 - 10:54

Caroline Araújo escreveu:Bom dia.
Muito bem. Parabéns e sucesso. Não esqueça depois de divulgar aqui o trabalho final. Abs.
Obrigada Professora Caroline.
Deixarei aqui o endereço.
avatar
Ana Hilário - Admin

Localização : Braga
Idade : 46
Mensagens : 11
Pontos : 747
Data de inscrição : 02/07/2015

http://e9copo.wixsite.com/e9copo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum